Aula 3 – O primeiro contato

É hora de praticar…

Agora que já conhecemos o instrumento é hora de iniciarmos nossa prática ao violão. Além disso, algumas recomendações úteis para o manuseio do violão:

Mão Direita

A mão direita é a mão mais importante no violão. A destreza necessária é adquirida com a prática. O braço direito deve ser apoiado de forma que não forme um ângulo muito grande entre a palma da mão e o pulso. Este pode ter uma pequena inclinação e não uma curva. O ataque dos dedos deve obedecer a seguinte ordem:

  • O Polegar ataca as cordas perpendicularmente de cima para baixo. Existem duas formas de ataque:
    • Com apoio: O polegar ataca a corda e para na corda imediatamente posterior.
    • Sem apoio: O polegar ataca a corda, mas não para em lugar nenhum.
  • O dedo indicador, médio e anular atacam as cordas perpendicularmente ao pulso, portanto terá um movimento diagonal às cordas. Existem também dois tipos de ataque:
    • Com apoio: Os dedos atacam as cordas e param na corda superior imediata.
    • Sem apoio: Os dedos atacam as cordas e não param. Assemelha-se muito ao movimento de abrir e fechar a mão.
Mão Esquerda

Os dedos 1, 2, 3 e 4 movimentam-se pelas casas fixando-se o mais próximo do traste da frente. Isso reduz a força aplicada na corda e evita a fadiga muscular ao longo da execução. Para isso, exercite da seguinte forma: 

  • A partir da 6ª corda, vá tocando as cordas colocando o dedo 1 na casa um, 2 na casa dois, 3 na três, 4 na quatro, repetindo o movimento para todas as cordas. Não levante os dedos. Ao chegar no dedo 4, todos deverão estar em suas casas.
  • Mantenha o seu cotovelo e o ombro relaxados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Sair da versão mobile